27 setembro 2005

Nada como comida para parar a choradeira

Independente de ser pela TPM, ou pela saudade, ou pela tristeza ou quem sabe pelo medo de ter feito justamente a escolha errada, não importa, o que importa é que depois de chorar litros e litros de lágrimas sempre vem a vontade de repor as energias com algum tipo de comida. Corrijam-me se estiver errada, pode ser pipoca (salgada ou doce), chocolate, mousse de maracujá ou chocolate (mas tem que ser bem fofinho), nêga maluca com cobertura, torta de morango e um bom e forte café preto. E... sabedoria das mães, isso faz bem. Sim antigamente para qualquer tipo de dor existia uma comida, um prato ou um doce que amenizava.
Essa comilança toda me lembrou a pergunta de uma amiguinha de 4 aninhos num encontro de integração que participei no final de semana em Santa Cruz do Sul. Ela me perguntou o que era confraternização, fiquei olhando aqueles olhinhos pretos que não paravam de brilhar e tentei explicar da forma mais simples e que é, ainda hoje, a maior forma de confraternização, um almoço de domingo com os amigos e a família. Aí ela me disse: "hum! Aí todo mundo se junta para comer e beber. Ah! Entendi!".
Com isso acabei concluindo por que é que depois de toda essa nossa choradeira a Carole veio com Cebola e pikles... sim, para cada tipo de dor existe um alimento que nutre o corpo e acalma o coração. Eu prefiro Nêga maluca com cobertura ou pipoca doce se tiver com preguiça. E vocês?

8 Comments:

Blogger Thata said...

confort food, neh...a minha é mingau de chocolate ou chá de erva doce antes de dormir. Mas tem duas coisas: quando eu estou ansiosa, como doces, quando estou triste, bem triste mesmo, só consigo comer fritura. E raiva geralmente me tira o apetite.

1:01 PM  
Anonymous Carolzinha said...

Eu não tenho essas não. Qdo tô com raiva não como... :oS Faz mal?!?!?
Emagrece!!! rssss

3:05 PM  
Blogger Ana Paula said...

sabe MUITA? essa é a comida que eu gosto quando tenho angustia, tristeza, stress e até RAIVA.

3:49 PM  
Blogger carole said...

Este comentário foi removido por um administrador do blog.

6:35 PM  
Blogger carole said...

pura coincidencia, mas realmente a gente as vezes descarrega as frustrações na comida. eu quando estou ansiosa como muito doce (chocolate e derivados). nervosa, com raiva ou triste, perco totalmente o apetite.
e 'veiz' enquando me bate um desejo incontrolavel por frituras, principalmente pastel, mas isso nada tem a ver com emoções.
ah, o ser humano e seus comportamentos bizarros...

6:36 PM  
Blogger Lys said...

Confort food? Qualquer uma, aos pouquinhos, o tempo todo, cada hora uma. Tsc, tsc, tsc.

6:45 AM  
Blogger Samara L. said...

Gohan da minha okaasan postiça com furikake. Sopa de lentilha com macarrão. Negrinho pra comer de colher. Mousse de maracujá da minha ex-sogra. A sopa da Inkling. O feijãozinho + arroz + guisado da minha comadre. O karee raisu da Bellit. Polenta ou spatzle do Exposo. Mexicano da Copenhagen. Udon da Liberdade.
Sim, eu também me conforto com comida. ^_^
Alguém aqui leu Kitchen, da Banana Yoshimoto? Comida salva uma vida (emocionalmente falando) ...

8:00 AM  
Anonymous michel (marido da ana paula) said...

sopa de lentilha com macarrão? parece bom... tem como divulgar a receita?

7:39 AM  

Postar um comentário

<< Home