01 outubro 2005

Eu me dou o direito

Eu me dou o direito de ter tempo para não fazer nada. Eu me dou o direito de desperdiçá-lo. Eu me dou o direito de não sair enlouquecidamente atrás das coisas porque eu tenho trinta e três anos. E me dou o direito de não me preocupar com isso e não me sentir velha porque não estou a fim.
Eu me dou o direito de ter uma profissão pouco rentável, porque eu amo o que me preparei para fazer. Eu me dou o direito de viver de cabeça erguida apesar de viver da caridade de amigos. E me dou o direito de não me sentir menos humana por isso.
Eu me dou o direito de fazer do meu corpo o que eu bem entenda. E entregá-lo ou reservá-lo para quem bem me aprouver - porque ele é meu bem inalienável. Eu me dou o direito de escolher novos caminhos para minha alma, não os que me legaram.
Eu me dou o direito de errar. Eu me dou o direito de não acertar sempre e sofrer. E de sofrer pelo tempo que eu achar necessário. E de me recuperar da maneira que meu corpo pedir. E de amar a quem eu bem entenda. E fazer desse amor o que eu bem entender.
Eu me dou o direito de escolher os que andam ao meu lado.
E me dou o direito de não saber keigo. E de, às vezes, embaralhar as sílabas das palavras em japonês. E de nunca saber a pronúncia das malditas vogais em inglês. E de ter a batida lateral mais solta, porque o meu quadril reverbera. E de fazer giro sem cabeça de ballet, porque minha alma é baladi.
Resumindo, eu tenho trinta e três, estou acima do meu peso, tenho uma profissão pouco conceituada, um estado civil duvidoso e estou fora do grande esquema da sociedade. Mas EU ME DOU O DIREITO de ser exatamente quem eu sou e não ter um pingo de vergonha disso.

5 Comments:

Anonymous lennon said...

Oi moça!!! tô passando pra te dizer que você é uma fofa!
se pudesse apertava suas bochechas.
mil beijos...

6:45 PM  
Anonymous Renata said...

e eu me dou o direito de dizer que me vi em um monte de coisa que você disse.

beijo!

12:46 AM  
Blogger Melyanna said...

E vc tem este direito.. mesmo que as pessoas queram podá-los e colocar numa redominha imaginária, vc é mulher demais, humana demais, fraca e forte demais para imposição de limites.. e isto faz de vc a Aprendiz que reconhece.. como disse no outro blog..uma mestra para mtos, tenha certeza..

Bjs

7:52 AM  
Blogger Alba Regina said...

vc me dá o direito de copiar e mandar pra todas as minhas amigas que assim como vc tbm se dão ao direito?!
muito, muito, bom...
bjs!

8:47 PM  
Anonymous Anônimo said...

ADOREI E ME DEI O DIREITO DE COLOCÁ-LO NO MEU PERFIL DO ORKUT. RSRSRS

11:13 AM  

Postar um comentário

<< Home